segunda-feira, 26 de setembro de 2016

sábado, 17 de setembro de 2016

Sentimento Indecifrável


Não se trata de nostalgia
Nem falta de alegria
É uma estranha sensação
Espécie de emoção
Um arrebatamento
Inédito sentimento
É como estar num ambiente
E sentir-se ausente
Divagando sobre esquecidas lembranças
Com certa constância
Buscando na memória
Circunstâncias de minha  história
Passadas num local inusitado 
Aonde meu espírito possa ter habitado 
Lá, no vazio do infinito
Não existe qualquer conflito
Só a suprema paz.
Mas longa é a jornada
E enquanto sigo a luz apontada
Que me levará de volta ao início da estrada 
Minha alma vai sentindo saudade sem fim   
Do lugar de onde eu vim 
Sente saudade de mim.

Rosana Montero Cappi 



segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Amor(es) Teresa Azevedo



Resultado de imagem para fileo agape eros

O que posso eu doar senão o que tenho.
De que posso falar senão do que conheço.
O que sentir? Se não experimento.
Amor ou paixão? Quem sabe os dois...
Paixão faz a pele queimar, a cabeça girar, o juízo fugir.
Não mede consequências, nem se exime de culpas póstumas.
Vem com o vento, vai com ele ou resolve voltar.
Não é linha reta, mas pontilhada cheia de picos e vales nos espaços vazios.
Amor é continuidade, alicerce, devoção, âncora que não se solta. 
Não morre com os anos, é cultivado com os dias, perdoa e edifica.
Pode ser ágape, fileo ou eros, pouco importa - é amor.

Teresa Azevedo

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Um Abraço - Roberto Jun


Pode ser que apenas um sorriso,
Vindo juntamente com um abraço.
Transforme o inferno em Paraíso:
Em silêncio? "Sim, sem estardalhaço."

Milhões vivem em solidão completa
Nas ruas, ou, até mesmo na própria casa.
Levam dentro de si a alma inquieta,
Pisam como se pisassem em brasa.

À noite, antes de dormitar oram.
Então, pedem perdão pelos pecados.
Sono que não chega, olhos que choram;
Deixando travesseiros inundados.

Assim, lentamente a noite passa.
Clareia e a rotina recomeça:
Saem cabisbaixos, tristes e sem graça,
Cada qual vai fazendo mais promessa,

Que um milagre venha do espaço 
E lhe dê tão somente um abraço.

Roberto Jun

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Matutando - Regina Angelo







Faz falta o gosto de Minas:
fundão de mato, cheiro de bicho...
Faz falta montanhas azuladas 
e casinhas entre galhadas
com jardim em volta...
Fumaça nas chaminés de chalés
quase escondidos por araucárias centenárias!
Faz falta um riacho com canoas,
pescadores sonolentos
e vaquinhas mochas,
pastando em pasto ralo, amarelecido,
que a chuva é pouca e mineiro descuidado.
Mas o gado persistente e forte, como o caboclo!
Faz falta o silêncio, o passaredo de qualidade
e um bom amigo que ficou na saudade!
Falta todo tempo do mundo,
pra pensar fundo na vida e esquecer a cidade!
Faz falta tudo isso. Muita falta!
Falta Minas. E falta você!
Regina Angelo 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Sarau de 20 de agosto de 2016 da Casa do Poeta de Campinas, realizado no salão nobre do ICCT- Instituto Campineiro dos Cegos Trabalhadores

APRESENTADORA DO SARAU: SARA VALADARES

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL

GRUPO MUSICAL " SOL DO MI" 
VOZ E PERCUSSÃO 

REGÊNCIA E VIOLÃO:  VLADEMIR GARCIA 




                                   EXPOSIÇÃO DE QUADROS DE IRENE BRIGATTO



                                               
                                                IRENE BRIGATTO E CÉLIA PAULINO


 O POETA ALBARAN E SEU LIVRO ARRANJO DE LETRAS COM PRODUÇÃO EDITORIAL DE BATATA, QUE LEU UM DOS POEMAS




             APRESENTAÇÕES DOS POETAS, CANTORES E AMANTES DE POESIA


                                                         RACHEL DOS SANTOS DIAS

                                             EUNICE RODRIGUES DE PONTES

                                                            TÉRCIO STHAL


                                                      ROSANA MONTERO CAPPI


                                                                        JACI 


                                                             REGINA CELI ANGELO

                                                                  ARACI F. PIRES

                                                                          ELZIO

                                           SARA VALADORES E JOSÉ LUIZ PIRES


                                                MARISA GONÇALVES DE ALMEIDA

                                                              SEBASTIÃO BRANDÃO 
                                               
                                       
                                                       MARILENE VANDERLEI


                                                                 LENINHA RAMIREZ

                                                      

                                                                   MOMENTOS 






                                                       MANOEL LEANDRO DA SILVA
                 




                                                                   

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Homenagem Póstuma a " Vaqueano" Glauco D´Elia Branco




Falecido em 11/08/2016



Publicação na Antologia VI - Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro ( 2015)


                   
                                             Texto e formatação  de José Luiz Pires
Na foto, " Vaqueano" entre José Luiz Pires - Presidente da Casa do Poeta de Campinas
e  Aline Romariz - Presidente da ANLPPB - Academia Nacional de Letras do  Portal do Poeta Brasileiro