sarau de aniversário

sarau de aniversário

domingo, 5 de novembro de 2000

NOVEMBRO - 2000

OLIS  T.  FELIPPE

M A G I A

Ah, se eu magia fizesse...
Nosso amor um réquiem não pediria,
No dia que agora entardece...
Contigo alhures estaria.
      Ah, te vejo ao longe...
      Formosa de olhar azougado,
      Desvairado me transformo em monge,
      Esperando o tempo no cadeirado.
Quem me dera...
Amestrar meus sentimentos,
Extirpar do peito esta dor.
      Quem me dera...
      Resfolegar como outrora,
      Vendo teu sorriso, tendo teu amor.







MARLY  STRACIERI

TRAÇOS  DE  UM  RETRATO

Na tela a sombra e a luz,
O artista um retrato vai traçando.
Cada linha que o lápis conduz,
A personalidade aos poucos decifrando.
      A leveza ou aspereza da pele, traduzindo
      Os dias já vividos com paciência,
      Onde as rugas sem querer surgindo
      Marcam o tempo e muita experiência.
Os cabelos ao emoldurar o rosto,
Quando grisalhos iluminam esperanças,
Num futuro de paz e conforto,
Os filhos por perto e a bem-aventurança.
      Enfim, o olhar transporta a alma,
      Num brilho enigmático e profundo,
      Exterioriza com toda calma,
      Os sentimentos e até o mundo.