sarau de aniversário

sarau de aniversário

quarta-feira, 15 de abril de 1998

ABRIL - 1998

SILAS  CAMARGO  ROSEIRA

MAIORIDADE

Hoje você alcançou maioridade
E bem por isso, há muito regozijo:
Mas, veja lá, não vá perder o siso,
Por pensar que já é autoridade !
      Muita vez quem alcança tal idade,
      Pensa logo que tem muito juizo,
      E não querendo mais nem um aviso,
      Vai desprezando tudo o que é verdade...
Um conselho de amigo queira ouvir:
Conserve sempre a fina educação
Que seus mestres quiseram lhe incutir;
      Obedeça a seus pais de coração;
      O paternal conselho é bom ouvir;
      Fazendo assim, terá compensação !




APARECIDA  BUCCI

REFLETIDO  DO  HORIZONTE

Tarde, e ante-noite,
Cada vez mais, escurece,
E a saudade é um açoite.
Nesta alma que padece.
      Luz de brilho difuso
      Rostos que jamais vi,
      Destino, eu te acuso !
      Por me trazeres aqui.
Vi, sangue nas águas,
Do rio, olhando da ponte.
Era um letreiro vermelho,
Refletido do horizonte.
      Rio de águas barrentas
      Que não podes espelhar
      Minhas lágrimas de tormentos
      Como o letreiro, a brilhar.