sarau de aniversário

sarau de aniversário

sexta-feira, 18 de julho de 1997

JULHO - 1997

DULCINÉA B. LIMA MARCHIORI

D E U S

Entre flores e abrolhos
Quero ter nos olhos meus
A visão de outros olhos
Dos olhos eternos de Deus.
     Ver além da aparência,
     Acima do bem e do mal
     Ver somente a Consciência
     Do puro amor celestial.
Se desdobrando incontida
Em tudo que a visão alcança,
Na pequena larva esquecida,
No homem, numa criança.
     Oh ! meu Deus ! Poder sem medida !
     Concedei-me Vossa Visão !
     Que eu seja Vossa Vida
     No peito de cada irmão.
Só assim, deslumbrada,
Verei que sou alguém,
Pois a Vida contemplada
É minha Vida Também.

quinta-feira, 17 de julho de 1997

JULHO - 1997

MARIA THEREZA R. MARCONDES

C O N S E L H O

Menina, seja sincera,
não existe só primavera.
Não tente ser quem não é
pra poder cair em pé.
     Você é bonita por fora
     mas, vai chegar a hora,
     em que todos vão perceber
     que nada sabe fazer.
Não estuda nem trabalha.
Na ignorância se espalha,
volúvel e egoista
pensando ser uma artista.
     A vida é uma pedra bruta
     e é preciso ser astuta
     sem levar na brincadeira,
     se quiser ser a primeira.
Assim, você se equipara
a uma linda taquara:
Por fora, esbelta, esguia,
por dentro, oca e vazia...