sarau de aniversário

sarau de aniversário

terça-feira, 11 de agosto de 2009

AGOSTO - 2009 - ARITA

ARITA  DAMASCENO  PETTENÁ

QUANDO  TEUS  OLHOS  ME  FITAM

Quando teus olhos fitam os meus,
na amplidão dos meus desejos,
sinto o toque de teus dedos,
percorrendo o corpo meu.
- Sou tua ! Sou tua !
Grito, entre medrosa e tímida,
enquanto teus braços me enlaçam
em arroubos de ternura,
murmurando aos meus ouvidos :
- Te amo ! Te amo !
Quero-te por inteiro.
Lá fora, entre nuvens peregrinas,
uma lua muito atrevida,
como única testemunha,
a iluminar, entre árvores sem dono,
o espetáculo de amor entre nós dois.
E eu coro, feito ingênua menina,
tentando esconder a nudez dentro da mulher-felina,
que há de existir sempre dentro de mim,
sonhando com o homem de olhos verdes,
que a arrebata do mundo da hipocrisia
para torná-la, para sempre,
senhora das suas horas, do seu agora,
que a hora, mais que nunca,
vai acertando os seus ponteiros
para torná-la, não a escrava
dos caprichos do seu homem
mas a poeta que sonha, dia e noite,
com o seu Menino Grande.