sarau de aniversário

sarau de aniversário

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

SETEMBRO - 2009 - JOSÉ ROBERTO

JOSÉ  ROBERTO  TEIXEIRA

QUEM  SABE  UM  DIA...

Nos caminhos infindos da poesia
sempre tenho o que falar e o que contar.
Eu alimento minha alma com alegria,
o que passou, passou, não vai voltar.
    Nem sempre o que vivi foi coisa boa
    mas marcou profundamente o meu viver.
    Por isso é que me encontro rindo a toa
    dos banais problemas que me fez sofrer.
Saudades eu sinto, era feliz e não sabia.
Na pura inocência e sem maldade,
quando voltar a ser feliz, quem sabe um dia,
encontrarei a real felicidade.

sábado, 5 de setembro de 2009

SETEMBRO - 2009 - MARLENE

MARLENE  MARIA  GOMES

O  INVISÍVEL

Ah ! Se eu pudesse contar quantas vezes pensei em você
Quantas vezes fiquei em seus braços sem você saber
Quantas vezes chorei
Quantas vezes pronunciei seu nome
Compara-se à areia do mar
É imposível contar
É como os pingos da chuva
É imposível contar
É como as estrelas
É imposível contar
É como o bater de meu coração
Quantas vezes bateu por você !
É como suspirar não sei
Quantas vezes suspirei por você
Isso tudo se resume em amar
Porque amei somente você.