sarau de aniversário

sarau de aniversário

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Trecho do livro " Estão Voltando as Fores"


Capítulo XXVI; página 119

"A madrugada está gelada. Aconchegada em meio às cobertas, Lorena dorme tranquilamente em seu quarto. Uma suave melodia, que parece vir de muito longe, consegue finalmente acordá-la. Demorou um pouco para ela entender o que estava acontecendo. A janela de seu quarto fica em frente ao pequeno jardim da casa. Com muito custo, ela reconhece as vozes que estão sendo acompanhadas por um violão. Sonolenta, vagarosamente ela se levanta, acende a lâmpada e escova rapidamente os cabelos. Devagar, abre a janela e consegue enxergar  os seresteiros que estão a uns quatro metros de distância, atrás da pequena mureta que separa a calçada do jardim. Os boêmios Toninho, Odair, Césinha e Enzo, cantam juntamente a Cristiano, que faz o acompanhamento dedilhando seu inseparável violão. 
Os rapazes vibram quando Lorena abre a janela. Enzo dá um sinal para os amigos e Cris começa a tocar uma melodia em especial dedicada à jovem garota. Eles começam a cantar a canção do Tim Maia, “Primavera” -  “Quando o inverno chegar, eu quero estar junto a ti. Pode o outono voltar, que eu quero estar junto a ti. Eu, é primavera, te amo, é primavera, te amo, meu amor, trago esta rosa... Para lhe dar.”
Ao cantar essa estrofe, Enzo pula a mureta e quando chega à frente de Lorena, beija um botão de rosa que trazia escondido atrás de si e lhe entrega pelo vão da grade da janela. Nesse instante, a porta da sala se abre e Sinésio aparece no jardim de pijama."






 Rosana Montero Cappi
     agosto/2011