sarau de aniversário

sarau de aniversário

domingo, 10 de outubro de 2004

OUTUBRO - 2004 - LANDINI

SIDNEI  LANDINI

ALHEIO  A  TUDO

Quem passou pela vida alheio a tudo,
Ao céu, ao mar, ao brilho das estrelas,
Ao verde das palmeiras, sem, contudo,
Abrigar o seu peito à sombra delas !
      Quem passou pela vida alheio e mudo
      Às súplicas das aves, e, com elas
      Não padeceu ao vir do inverno agudo
      Nem entendeu o ardor que vinha nelas !
Quem passou pela vida alheio e estulto,
Aceitando os martírios de um insulto !
Quem passou pela vida e sobretudo,
      Aspirações não teve e amar não quis,
      Não foi humano, foi um infeliz
      Que passou pela vida alheio a tudo !