sarau de aniversário

sarau de aniversário

quinta-feira, 11 de abril de 2002

ABRIL - 2002 - F. VIDAL RAMOS

F.  VIDAL  RAMOS

POR  TEU  AMOR

Por teu amor eu me afastei de Deus !
Eu que era meigo, simples e bondoso,
Pela mentira dos carinhos teus,
Fiz desta vida um antro pavoroso !
      Por teu amor eu me afastei de Deus !
      O meu destino, outrora luminoso,
      Hoje me leva ao mundo dos ateus,
      E a um futuro sombrio e tenebroso !
Hoje vagando ao léu, sem rumo ou norte,
Sei que me espera após a negra morte,
Todo o mal que este louco amor me fez !
      Mas eu sinto, no horror desta ferida,
      Que se me fosse dada uma outra vida,
      Eu te amaria... por segunda vez !




ARISTIDES  NUCCI

N Ò S

Quem é você ? E eu quem sou ? Quem somos ?
Duas almas simples: uma incompreendida,
Outra querendo, no pomar da vida,
Colhêr talvez, os intangíveis pomos.
      Eu sou aquele ser triste e mesquinho.
      Você é aquele ser cheio de ardor
      Simbolizando a pétala da flor,
      Enquanto eu simbolizo triste espinho.
E nossas almas pairam, devaneando,
No zênite azulado da quimera
Enquando o dealbar da Primavera
Nem bem se mostra e já se vai findando.