sarau de aniversário

sarau de aniversário

domingo, 31 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - Sílvia Rocha e Sara Valadares

SÍLVIA  MARIA  ROCHA

SANFONA  AMIGA

O sol abraça o poente
Mas com o cansaço. Ele não se importa
Abraça sua sanfona e toca contente
Ali. Na soleira da porta.
Seu peito cheio de alegria
A sanfona entoa uma canção assim
Embalando noite afora
Sonhos em perfumes de jasmim
Tudo calmo cá na Terra
Sanfoneiro cantarola
Lembrando do amor com tristeza
Abraça a sanfona e chora.
Até a lua do alto parece sentir
Vem para perto até anjos.
Para o sanfoneiro ouvir.
Então o cansaço vence. O roceiro
Sanfoneiro dorme exausto
A sanfona pende, no aconchegante abraço.







SARA  VALADARES

NOSSA  VERDADE

Te convidei para dançar
Numa pétala de rosa.
Sorriste,
Bailamos a noite inteira
Teu corpo colado ao meu,
Deslizavas pela vida...
E assim unidos, num doce bailado
Acordamos para nossa verdade.



quarta-feira, 27 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - ARITA e R.MARINHO



ARITA  DAMASCENO  PETTENÁ

P E C A D O

Pecado ?
Sonhar coisas impossíveis,
Concretizar, em sonhos, abstrações da vida,
Beijar, na sombra do indizível,
Um rosto que já não existe ?
      Pecado ?
      Ter lacerado o corpo de desejos,
      A boca faminta de mil beijos,
      Sonhar amores inocentes,
      A encher uma vida de vazios ?
Não, Senhores ! Pecado
É matar no peito as ilusões mais puras,
É viver sorrindo, acalentando prantos,
É suspirar baixinho, silenciando cantos,
É mostrar ao mundo o que não é.
      Pecado, Senhores,
      É escravizar o coração às leis e tradições do mundo,
      É algemar um amor de sentimentos puros,
      A preconceitos  e razões sem fundo,
      Quando o amor é livre e cheio de ternura !







ROSANA  MARINHO

ÊTA  CORAÇÃO  BESTA

O coração resolveu bater mais rápido: Tummmm-
Tu; Tummm-Tu; Tumm-Tu...
Parece um relógio cuco enlouquecido !
Levado pelas profundezas de tantos sonhos
animados com palavras profundas e santas...
Ele é mesmo um tonto !
Fica tão fascinado que nem percebe quando
tudo é um jogo qualquer de algum infeliz !
Não percebe que para alguns é somente
zoeira e tristeza e para outros pode até ser inveja !
Êta coração besta !
Neste momento está louco de saudades !!!



terça-feira, 26 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - LEVY


FLÁVIO  DE  AZEVEDO  LEVY


ANJO  CAÍDO

Não me chameis mais de anjo, simplismente
A luz que brilha em mim está mudada,
A lua foi-se embora e a madrugada
Está a transformar-se em sol nascente.

      Todo o meu ser está resplandecente
      E refletido em ti, amante amada.
      É uma luz que corta como espada
      Os falsos sonhos que produz a mente.

E o coração navega docemente,
Na correnteza, à foz desta nascente
Que verte em um alto mar de águas rasas.

      Extasiado, elevo-me às alturas,
      E em meio a tanta graça e tantas juras
      Eu já nem lembro mais que tenho asas !

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - DURIVAL


 DURIVAL  JOSÉ  GASPAROTO

À  MULHER  AMADA

Neste mundo sórdido e fétido,
Impregnado de desamor e falsidade
Vislumbro tênue, porém, cálido,
O fervor pleno de sua amabilidade.
      Se, por ventura, me achar perdido,
      Sua presença com toda intensidade
      Faz-me de novo sentir querido,
      Traz-me tudo, muito além da felicidade.
Nas densas trevas da incerteza,
Na triste algivez de uma desgraça,
Você é luz, calor, total firmeza,
Dentro do seu coração nada me ameaça.
      Por isso, apesar de tudo ou por nada,
      Em qualquer lugar e também agora,
      Verei motivos para cantar a mulher amada,
      No presente, no futuro, a qualquer hora.

domingo, 24 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - DALVA

DALVA  SAUDO

PARA-RAIOS

Lâmina-lume dilacera a alma
Precipita-a no redemoinho
Tempestade arrasta a calma
Alegria sai do caminho.
      Para-raio de raivas !
Na tempestade potente
Imprevisível do furacão
Na explosão da luminosidade
Apontam seu rosto à realidade :
- Você é um ancião !
      Na claridade do relâmpago,
      Seu coração o insulto consulta :
"Adianta sonhar com a sorte
Se ronda-me, a sombra da morte ?
Apontam-me um ser moribundo
Prestes a sair deste mundo !"
      No grito enfurecido do trovão
      Em fração de segundos
      Vê descarregar no para-raios
      Do coração,
      Toda sua ilusão !

sábado, 23 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - J.L.Pires e Dulcinéa

JOSÉ  LUIZ  PIRES

LÁGRIMAS  E  RISOS

Lágrimas que rolam pelo rosto
E passam pelos teus lábios perfeitos
Muitas são de desgosto
Outras por glórias e feitos
      Risos que desnudaram teus lábios
      Beijos e juras que me acalentaram
      Segredos e conselhos sábios
      Palavras que sairam e não voltaram
Risos enlouquecedores de antes
Sinais discretos, lembranças de amantes
Todos vividos e hoje ignorados pelo tempo
      Lágrimas de dor que alucinou
      Sentimentos que a vida ensinou
      Momentos vividos, momentos finitos




DULCINÉA  B.  L.  MARCHIORI

QUEM  AMA

Quem ama é bom, paciente, compreensivo,
Não se exaspera, não se ensoberbece,
Dá-se de si mas permanece vivo,
Qual chama eterna que jamais fenece.
      Quem ama já possui um bom motivo,
      Para viver na Vida que enobrece;
      Tudo sofre, mas crê no lenitivo,
      Que o amor lhe traz em forma de uma prece,
Quem ama não inveja, não difama,
Sua bandeira é sempre de esperança
E o seu escudo um gesto de carinho,
      Pois diminui a dor de quem reclama,
      Converte em riso as mágoas da lembrança,
      Transforma em luz as trevas do caminho.


 

sexta-feira, 22 de outubro de 2010


EUNICE  RODRIGUES  DE  PONTES

C I R C O

O Circo traz o divino Palhaço Carequinha,
Pirulito, Arrelia, muito show, alegria, música,
bailarina, palhaçadas e brincadeiras;piruetas,
fantasia, malabarismo e animais, entre eles
o elefante, o leão, o cavalo e a chita, toda cheia
de fita a pular. O circo traz muita diversão, luz,
cores e muitos sonhos dos quais nenhuma
criança quer despertar; porém, hoje em dia,
artista de circo é o mico, pois sua época áurea,
infelizmente já passou; agora a tv, o computador
e outras modernidades mais, encobriram o circo
mais do que sua própria lona, já furada e desbotada,
sem ascores vivas de outrora. O palhaço já não é
ladrão de mulher e hoje já não tem mais aquela 
verdadeira e saborosa marmelada, pois essa de
agora é só falcatrua, que domina a rua, impera na
escuridão da noite e apaga as luzes do circo
armado, pronto para o seu grandioso espetáculo
começar, seja em sessão de matiné, à tarde,
ou em noite esplendorosa,

 

   O CIRCO SEMPRE FOI
               POESIA.  

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - F. VIDAL RAMOS


F. VIDAL  RAMOS

S A L M O   23

O SENHOR é o meu único Pastor,
E não me faltará nada no mundo !
ELE conduz-me com carinho e amor,
Aos prados de verdor rico e fecundo !

Nas refrescantes águas - que dulçor ! -
De calma e fé, de amor e paz me inundo,
Pelo vale da morte,sem temor,
Eu sigo à Luz de SEU olhar profundo !

Encontro sempre amparo em SEU bordão,
E às fraquezas da vida digo... NÃO !
Para viver de glórias e alegrias

Tendo em mim do SENHOR toda bondade,
Eu sigo rumo à luz da ETERNIDADE,
Para viver com ELE longos dias !


quarta-feira, 20 de outubro de 2010

REUNIÃO DE OUTUBRO - GENI

GENI  FUZATO  DAGNONI

ALÉM  DA  ALMA

A luz do teu olhar produz um brilho,
qual astros soltos pelo firmamento.
Olhos a iluminar sem impecilho,
além da ponte da alma em acalento.
      Ao fixar teu olhar, faça-o em idílio.
      Chego até ao auge com afeiçoamento.
      Mas destes olhos não me desvencilho.
      Profundo olhar, porque neles, há alento,
há ternura e a expressão, convite a amar.
Estes olhos, qual lago de carícia,
são fontes de paz, sempre a deslumbrar.
      Marcam pureza assim inspiradora,
      a transluzir no olhar, tanta delícia,
      atinge o além, desta alma sonhadora.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - MYRIAM LEON


MYRIAM  LEON

AJUDAR ? PROMETO  CUMPRIR

Jamais suspirarei pelo nosso ontem
Ele permanece em mim.
Não pensarei no nosso amanhã
Pois ele virá.
Serei só hoje,
Por onde passar,
Deixarei nossa marca
Bonita, carinhosa palpável, você verá.
      Serei assim para sempre, serei também você,
      Sem limites me expandindo em Natureza,
      Dando cores e formas aos pequenos que queiram,
      Como argila e papéis, brincar de em tudo achar beleza.
Trabalharei sem tempo, sem pressa nosso sonho.
Dando e criando em cada ser a esperança de conseguir
Se ultrapassar, vencer !

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

REUNIÃO de OUTUBRO - J.R.TEIXEIRA


JOSÉ  ROBERTO  TEIXEIRA

A G O R A

Na verdade do momento
Com alegria ou sofrimento
De um momento inesquesível
Na verdade do momento
De um momento imprevisível
Alegria ou sofrimento
Na verdade do momento
Traz consigo o previsível
É que este é o momento
Quase sempre inesquecível.





M E T A D E

Metade do que fui
Agora sou só metade
Inteiro somente a saudade
Sou nada de tudo
De tudo sobrou nada
Quando você partiu
Partiu-me ao meio
Sobrando só metade
Metade de nada
Metade.

sábado, 16 de outubro de 2010

OUTUBRO - 2010 - 14º ANIVERSÁRIO


************************************************************************************  ESPETACULAR FOI REUNIÃO  DE  ANIVERSÁRIO  DA   NOSSA  CASA  DO  POETA.
COM   AS  PRESENÇAS  DO  VIOLONISTA  E  CANTOR  ANTONIO  CARLOS  SILVA,
DA FORMIDÁVEL  TECLADISTA  CIDINHA  GADIOLLI,  DA  MAGNÍFICA  CANTORA
WANDA  VIDAL  RAMOS  E,  DE  UM  DOS  MELHORES  POETAS  QUE  O  BRASIL
POSSUI,  F. VIDAL  RAMOS. DERAM  UM SHOW  PARA  FICAR  NA  MEMÓRIA.
ANTONIO  CARLOS  cantou  a  música  de sua  autoria  e  letra  de  VIDAL  " 80 ANOS ".
WANDA,  encantou-nos  cantando  Tangos. F. VIDAL  RAMOS  encerrou  a  reunião  com um
sensacional  " PASSEIO  POÉTICO ",  declamando  Sonetos  de  grandes  poetas  brasileiros.
CIDINHA, com seu teclado mágico, acompanhou os cantos e fez o fundo musical para o Passeio Poético.
            FOI  UMA  TARDE  DE  GALA,  QUE  NOS  ENCHEU  DE  ORGULHO.