sarau de aniversário

sarau de aniversário

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - DELIA

DELIA  ESPINA

CARNAVAL

Hoje é Carnaval
a chuva cai e cai
neste Carnaval.
Será a mesma chuva
que há poucos dias
inundou casas e vilas
e levou tantas vidas ?
Não !
A chuva de Carnaval é alegria...
Tempo de rir, de esquecer.
Pergunto:
Esquecer fará bem ou mal ?
Não importa !
Não corresponde fazer
uma pergunta vã
sem resposta,
presunçosa...
Hoje é Carnaval !
Novas chuvas cairão,
novas vidas irão,
e teremos sempre Carnaval
para rir e esquecer...

REUNIÃO - FEVEREIRO - CONCEIÇÃO


MARIA  CONCEIÇÃO  ARRUDA  TOLEDO

CAMINHAR  NA  CHUVA

Como é gostoso caminhar na chuva,
sentir no rosto o rodopiar do vento,
e contemplar o abeberar das folhas
nágua que cai como o maná do céu...
      Como é gostoso caminhar na chuva,
      lavar a alma dos desejos maus,
      ver a enxurrada carregar o ódio,
      levar a lama que enodoa o bem.
Olhar ao longe as serras aniladas,
varrer distâncias com o pensamento,
aconchegar no peito um bem amado
e sentir de perto a felicidade...
      Quando a chuva cai, o coração remoça
      dessedentado na imaginação...
      Caminhar na chuva, para quem ama,
      é bálsamo, é alento e é inspiração.
De manhãzinha, hoje, saí na chuva
e caminhei de cá para lá, ao léu...
O casto pranto que choraram as nuvens
lavou meu rosto e levou meu pranto...
      Voltei mais leve de corpo e de alma,
      até esqueci dos sofrimentos meus...
      Como a chuva é boa, como é bom o vento !
      Eles vêm do céu, quem os manda é Deus !

REUNIÃO - FEVEREIRO - JBMR

JOÃO  BAPTISTA  MUNIZ  RIBEIRO

DIA  DE  SAUDADE

Que farei neste dia tão tristonho,
Sozinho, sem ninguém, abandonado,
Sentindo a falta de um olhar risonho,
Que alegre e aqueça o coração gelado ?
      Que farei neste dia tão tristonho,
      Se já não posso ter junto, ao meu lado,
      Quem foi a minha vida e foi meu sonho,
      E se perdeu nas brumas do passado ?
Que farei neste dia de saudade,
Quando a tristeza esta minh'alma invade,
Numa emoção como jamais senti ?
      Só me resta apertar dentro do peito,
      Meu coração, que se tornou desfeito,
      Pela saudade que me vem de ti...

REUNIÃO - FEVEREIRO - AGMON


AGMON  CARLOS  ROSA

MENESTREL  CIBERNÉTICO

De muitas coisas tirei prazer:
Contemplar um nascer do sol, um entardecer,
Estar apaixonado, o perfume da flor,
Amar e ser amado, de versos compor.
      Nessa busca incessante, descobri
      A informática, pragmática, sistemática,
      A internet, provedor, sites, ciberamor,
      Tudo isso tem no computador,
      Basta programar e... clicar !
Pode ainda configurar, muito mais,
Fonemas em poemas, versos rimar,
Tecê-los em poesias sentimentais,
Poemas infinitos, universais.
      Suprema ironia, onde conectar
      A percepção, expressão ética e estética,
      Filosófica, metafísica, a catarse,
      Metáforas da linguagem poética ?
O menestrel então sorriu:
- Elementar, caros poetas,
Acessa o meu coração !!!

domingo, 27 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - AMIGOS


 


XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX   CESAR de OLIVEIRA CASTRO - GILBERTO SANTINI
- JOSÉ ROTA - ALVANYR MELO - RUTER HIROCE - ZULMIRA BACCI, amantes da poesia.

REUNIÃO - FEVEREIRO - JAEL

JAEL  LEME  CARDOSO  DE  ARAÚJO

NOSSO  MUNDO

Como é lindo o nosso mundo !
Com o verde das campinas,
Que se estendem peregrinas,
Pelas matas, pelas serras,
Pelos montes e pelas terras !
O sol com seu esplendor,
Dando seu brilho e vigor...
Com os pássaros a cantar
Como crianças a bailar...
Vão saudando o novo dia,
Transmitindo alegria !
Até o dia ir finalizando,
Com a suave brisa, nos acariciando !
Agradeçamos então, a "Deus o Criador"
Pois em tudo está o seu Grande Amor !
E devagar... a noite desce...
Com incontáveis estrelas a brilhar,
Então... vamos dormir... e sonhar...
Com nosso Deus a nos abençoar !...

sábado, 26 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - ARITA

 

ARITA  DAMASCENO  PETTENÁ

O  MAR  E  A  ONDA

- Por que vives assim
sempre de mim a fugir ?
Não sabes que te amo ?
- dizia o mar à onda.

    - Como posso de ti aproximar-me
    se me lanças soluçante
    às alvas areias da praia ?
    - respondia a onda ao mar.

- Essa a minha forma de amar.
Sou tão forte, tão viril
que a tua leve presença
põe-me logo a agitar.

    E assim, pela vida afora
    vivem os dois inseparáveis:
    o mar a perseguir a onda,
    a onda a voltar ao mar.

REUNIÃO - FEVEREIRO - A.LACERDA

ANTONIO  LACERDA

QUANDO  NADA  MAIS  RESTAR

Se eu continuar a vida que levo
simplesmente por trabalhar,
vai chegar um dia que
não haverá mais jeito de continuar,
aí sim,
vou ficar desprezado no lugar dos aposentados
e tenho como Escudo, se der tempo;
Minha história pra contar.
E de tantos, vou ter o desprezo.
Talvez de outros o pior lugar.
E por vários serei esquecido,
enquanto o resto será jogado ao vento.
E aos poucos vou me acabando por dentro,
até quando nada mais restar.

REUNIÃO - FEVEREIRO - DALVA

 DALVA  SAUDO

CARINHO  DE  ANIMAIS

Restou-me apenas carinho de animais
Nada mais ! São dois gatos.
Carinho ? Só de uma. A Xênia.
Ela fica na sala em cima da TV.
Espera eu apagar a luz
E... vai para o quarto me ver.
Encosta-se em mim toda dengosa
E por fim, me olha toda carinhosa !
  Ao me sentar, ela pula em meu colo
  Vem logo se aninhar, para carinho ganhar.
  O outro gato é o Francisquinho.
  Entre animais racionais e irracionais
  Nunca vi na vida
  Alguém nunca gostar de carinho ! Até bobo gosta !
  Como pode esse gato não identificar um agradar ?
Ele é diferente, indiferente !
Ah ! Como invejo o Francisquinho !
Ele não liga p'ra ninguém, p'ra nada ! Se eu fosse como ele,
Não seria essa chorona, não seria essa sensível,
Não seria essa emotiva, não seria essa magoada !
Ficava só e pronto ! No meu canto !
Gostaria de ser como ele. Indiferente à toda gente !
  SÃO FRANCISCO DE ASSIS,
  Não quis magoá-lo ao colocar seu nome no gato !
  Minha intenção foi apenas... homenageá-lo !
  Gostaria de pedir para que o SENHOR
  Interferisse, intercedesse
  E o coração do meu gato amansasse
E assim... Ele me amasse. Mas...pensando bem,
O Francisquinho está certo !
Eu o admiro. Ele não sofre.
Ele é meu oposto. Na emoção ele é forte !
Eu ? Sou carente ! Mole !
Ele dorme dia e noite. Eu ? Às vezes a noite.
  Quero em uma gata renascer
  Ter uma dona carente e com ela crescer
  P'ra muito carinho ela receber
  Por saber como é fundamental o carinho de um animal !
 

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - LEVY

FLÁVIO  DE  AZEVEDO  LEVY

POÇÃO  MÁGICA

Alguém sempre observa tua atitude
E quanto mais autêntica ela for,
Tenta diminuir sua amplitude
Até deixá-la sem nenhum valor.
      Este alguém que vê tudo amiúde
      Cobiça e quer ficar com o teu valor
      Mas como não possui tal virtude
      Quer espalhar aos outros sua dor
Se quem não tem, e vê tua alegria
Não conseguindo ter esta energia
Procura que teu ser seja destruido.
      Mas teu jeito não pode ser roubado,
      Não pode ser vendido nem comprado
      É mágica poção do ser vivido.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - EUNICE


EUNICE  RODRIGUES  DE  PONTES

C A R N A V A L

Carnaval, reina o samba geral,
Alegria de todo esse povo,
Mas quem roubou meu povo ?
Carnaval, festival dos festivais;
Alegria geral; quem foi para Portugal ?
      O samba toma conta de toda essa gente,
      Que não sente tristeza, dor, nem raiva.
      Fica tudo esquecido, no guardado, para voltar
      Na quarta-feira de cinzas e ficar durante
      O ano todo, num ritmo compassado... 
Nesses quatro dias de folia o delírio é geral,
Todo o amargor se esvai e a revolta, não volta,
Não há fome, não há dor, somente muita cor.
Não há tristeza, só muita beleza, máscaras e
Fantasias mil a desfilar num ritmo cadente.
      Carnaval, povo festivo a pular; rei momo a reinar;
      Baianas, porta-estandarte, lá vai ela na passarela.
      Passa a escola de samba com seus foliões e a rua, tão nua,
      Sob a lua, é solitária testemunha daquele que, inadvertidamente
      Bamboleia nas cordas estiradas de sua própria vida...

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - AUGUSTO

Nosso amigo AUGUSTO  BARRETO, responsável pelo "vip@vipvirtual.com.br", fotografo profissional, sempre prestigiando
a nossa Casa do Poeta. Nesta foto, quero homenagear o amigo pelas fotos tiradas em nossos eventos, e que ele aprovou que fossem colocadas em nosso Blog. Sem nenhum interesse financeiro, Augusto comparece em nossos eventos, tira em média 70 fotos e expõe no vipvirtual. É um grande amigo de todos nós.
Obrigado, Augusto, por tudo, e que Deus o proteja sempre.
Abraço do jbap e de todos os membros da Casa do Poeta.  

REUNIÃO - FEVEREIRO - MADAN

MADAN  MOHAN  SHUKLA

CRUEL  SOFRIMENTO

Você ao meu lado,
A vida é maravilhosa !
Quando distante de mim,
Torna-se insuportável...
      O rio em que nado,
      É um rio de tristezas...
      Não há margem para descansar !
Nesta vida, encontrei gente cruel,
Você, para mim é muito mais cruel de todos !
Há tempos escrevo histórias;
Sofrimentos, tristezas e desilusões
E a cada momento,
Chegam outras tantas...
Que impedem de terminá-las !
      Todos dizem que você é perito
      Em ferir corações...
      Será que terei o mesmo destino ?!

REUNIÃO - FEVEREIRO - J.R.TEIXEIRA

  JOSÉ  ROBERTO  TEIXEIRA

              S O L I D Ã O

        Companheira inseparável
                   Do poeta
        Que verseja quase sempre
               As escondidas

           Acreditando que viver
                 É outra coisa
           Tentando se esconder
               Da própria vida

         Mas quando é descoberto
                    Vai fugindo
       Tentando enganar o coração
               Indo ao encontro
       Da companheira inseparável
      Aquela que o torna admirável
 Sua eterna companheira, SOLIDÃO.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - GENI

GENI  FUZATO  DAGNONI

MÁSCARA  DA  ILUSÃO

Noite, a folia rola engalanada,
astros lançam do céu luzes fulgentes.
Na terra, a orgia vai pela noitada
Carnaval, euforia assim fremente.
      Com magia, volúpia mascarada,
      sedas ao farfalhar, cores salientes.
      Onda de vozes, meio a barulhada,
      vultos exibem máscaras ardentes.
Fascínio pela vida, agitação
pois paira no ar muita animação,
risos, rodopios, festa noite inteira.
      Sonhador mascarado desafia,
      preserva a ilusão, busca a fantasia,
      porque a felicidade é passageira.

REUNIÃO de FEVEREIRO - J.L.PIRES


JOSÉ  LUIZ  PIRES

O  MEU  SORRISO

O meu sorriso, não é pelo meu bem querer,
O meu sorriso é pelo seu amor !
    O meu sorriso, não é pela minha vibração,
    O meu sorriso reflete a sua emoção !
O meu sorriso, não é pela minha esperança,
O meu sorriso é pela sua perseverança !
    O meu sorriso, não é pelo meu amor,
    O meu sorriso é pela sua paixão !
O meu sorriso, não é pela minha alegria,
O meu sorriso é pela sua felicidade !
    O meu sorriso, não é imortal,
    O meu sorriso é pelo tempo que juntos viveremos !
O meu sorriso, não é pela minha segurança,
O meu sorriso é para abrandar sua insegurança !
    O meu sorriso, não é pela minha felicidade,
    O meu sorriso é para anestesiar a sua dor !
O meu sorriso, não é pela minha leveza,
O meu sorriso é por tudo que carregas !
    O meu sorriso, não é pela minha atitude,
    O meu sorriso é pela sua dedicação !
O meu sorriso, não é pela minha ignorância,
O meu sorriso é pela sua sabedoria !
    O meu sorriso, não é portudo que carrego,
    O meu sorriso é por tudo que me entregas !
O meu sorriso, não é apenas um sorrir,
O meu sorriso é para você sorrir !
    O meu sorriso, não sou eu,
    O meu sorriso é você !
O meu sorriso, não existe !

 

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

REUNIÃO - FEVEREIRO - ÉDSON e CIDINHA

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxNosso magnífico Tenor EDSON GIULIANO e a magnífica tecladista CIDINHA GADIOLLI "SHOW"   

REUNIÃO de FEVEREIRO - ROSANA M. CAPPI

ROSANA  MONTERO  CAPPI

REFÉM  DE  MIM

Afinal, quem manda em mim ?
Quem é meu verdadeiro dono enfim ?
Sou refém das obrigações
Refém dos apegos
Refém das próprias ações
Refém dos meus medos
Refém da cobiça
Sequestrada pelos desejos egoístas
Refém da matéria
Que pode entopir minha artéria
Prisioneira do falso eu
Qual será o destino meu ?

domingo, 20 de fevereiro de 2011

sábado, 19 de fevereiro de 2011

REUNIÃO de FEVEREIRO

                           1ª REUNIÃO de 2011 - Academia Campinense - 19 de Fevereiro
     
 

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

FEVEREIRO - MEIRE


MEIRE  MORAIS  do  NASCIMENTO

SOU  INOCENTE

As rimas prediletas
Do meu coração de poeta
São as minhas netas
Seus sorrisos inocentes
Cativam a gente
Suas respostas inteligentes
Às vezes parecem insolentes
Um pouco inconvenientes
Mas, são apenas adolescentes
O meu bem querer me faz benevolente
Não me condene por ser complacente
Sou Vó!!! Sou inocente.