sarau de aniversário

sarau de aniversário

domingo, 29 de junho de 2014

Aspiração- Rosana Montero Cappi



Para o mundo melhorar e mudar
Antes de tudo preciso me transformar
O grande desafio encarar
De me arrepender pela falta de percepção
Eliminando o pecado básico da discriminação
Ao utilizar a sabedoria da igualdade
Aguçando a sensibilidade
Para o lado positivo olhar
Admitir erros e procurar só acertar
Agir com força própria e vontade
Buscar a serenidade
Tratar a todos com amorosidade
Na suprema sinceridade de intenção
Procurando contagiar a humanidade
Com a pura aspiração
De fazer que o paraíso seja aqui na terra
Para que não haja mais guerra
Transformando dificuldade em coragem
Todos terão vantagem
Pelo sublime propósito confirmado na ação  
Poderá o mundo melhorar e mudar
O Céu na Terra será possível sim
Depende apenas de mim.
Que meus versos sirvam de inspiração
E ajudem na grande realização
Da reforma de cada coração.  

Poema publicado na Antologia IV 
Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta  Brasileiro 


Rosana Montero Cappi


segunda-feira, 23 de junho de 2014

A Águia e o Jabuti - Tércio Sthal


(Não me lembro do final da estória,
da estória da Águia e do Jabuti.
Não guardei em minha memória,
por isso eu resolvi contar agora
com novo formato e final que escrevi)



Um Jabuti vivia triste na Terra,
não conhecia o Céu, nem o Mar,
mas um dia, por tanto se esforçar,
viu o Céu e a linda Águia a voar.

Como louco, começou a gritar,
dava pulos e fazia escarcéu,
pra chamar a atenção da Águia,
que voava bem alto lá no Céu.

Ao ouvir, a linda Águia desceu,
e perguntou: Porque gritar assim,
Ele respondeu: Também quero voar.

Mas não tem asas, querido Jabuti;
e, sem elas, é muito difícil para ti.
Não te aborreças; vivas feliz em teu lugar.

Mas o Jabuti se pôs a insistir:
Eu quero voar, eu quero voar.
A Águia disse: Então vem aqui,
e até o Céu eu vou te levar.

E foi subindo cada vez mais alto,
estava acima das nuvens no Céu,
o Jabuti feliz demais, alucinado,
disse: Dona Águia, pode me soltar.

Ela retrucou: Pode ser perigoso,
não devo fazer o que me pede,
mas ele insiste, e ela concede.

O Jabuti vem perdendo altura,
no voo sem volta, descontrolado,
sem saber aonde será o pouso.

Mas, felizmente, ele caiu no Mar,
no imenso Mar de águas azuis,
e imediatamente se pôs a nadar.

Até hoje o Jabuti vive feliz,
conhece a terra, o Céu e o Mar,
e às vezes pensa que sabe voar.

Tércio Sthal


segunda-feira, 16 de junho de 2014

José Roberto Teixeira - Flávio Levy

JOSÉ ROBERTO TEIXEIRA, EM 14/06/2014,  ANUNCIOU SEU AFASTAMENTO DA PRESIDÊNCIA DA CASA DO POETA DE CAMPINAS

ADEUS PRESIDENTE AMIGO
VOCÊ NUNCA ESTARÁ SÓ,
A ALEGRIA É CONSIGO
POIS NÃO DEIXAS FAZER NÓ

NO TEU CORAÇÃO SABIDO,
TU FELIZ EM MACEIÓ
NOS DEIXA AQUI  ESMORECIDOS
QUE NEM O MANÉ DO...OH!!

E SEMPRE QUE AQUI VOLTAR
ESTAREMOS A ESPERAR,
SERÁ UMA FELICIDADE.

MAS QUANDO AQUI CHEGAR 
SE NÃO TROUXER, VÁ BUSCAR,
A TUA CARA METADE!


FLÁVIO LEVY



domingo, 15 de junho de 2014

SARAU DA CASA DO POETA DE CAMPINAS - ACADEMIA CAMPINENSE DE LETRAS (14/06/2014)

SEDE DA ACADEMIA CAMPINENSE DE LETRAS

JOSÉ ROBERTO TEIXEIRA
MAESTRINA BETH ASSUMPÇÃO

APRESENTAÇÃO DO CORAL SANTA CECÍLIA
CORAL SANTA CECÍLIA


APRESENTAÇÃO DOS POETAS 

ARACI PIRES

SEBASTIÃO BRANDÃO

FLÁVIO LEVY

ROSANA MONTERO CAPPI

JOSÉ LUIZ PIRES

MARILZA CALZAVARA

EUNICE RODRIGUES DE PONTES

LU NARBOT

RACHEL DOS SANTOS DIAS

José Roberto Teixeira com José Augusto e o maestro Jássem de Oliveira,  da Banda Sinfônica  do Estado de São Paulo  






PARABÉNS BETH ASSUMPÇÃO
A MAIS NOVA CIDADÃ CAMPINEIRA
CORAL HOMENAGEIA A MAESTRINA PELO TÍTULO DE CIDADÃ CAMPINEIRA

A DESPEDIDA DO PRESIDENTE JOSÉ ROBERTO TEIXEIRA

JOSÉ ROBERTO TEIXEIRA AO LADO DOS DIRETORES FLÁVIO LEVY, MARILZA CALZAVARA, EUNICE PONTES E ROSANA CAPPI 

JOSÉ LUIS PIRES  É O NOVO PRESIDENTE DA CASA DO POETA DE CAMPINAS



JOSÉ LUIZ PIRES ASSUMINDO A PRESIDÊNCIA DA CASA DO POETA DE CAMPINAS 


LINDOS SORRISOS 
ARACI FINOTTELLI PIRES

LU NARBOT

EUNICE R PONTES

EDIONE G. MONTERO

DILMA J. KANAI
ETERNOS NAMORADOS


Flávio Levy e esposa 


Augusta Rosa e esposo 
A ALEGRIA CONTAGIANTE  



O CARINHO
 

A UNIÃO DA MÚSICA COM A POESIA




sexta-feira, 13 de junho de 2014

Lua - Eunice Rodrigues de Pontes





Lua, toda nua, no alto brilha;
Lua, no firmamento surge,
Urge e traz-me  a imagem tua
Que se acentua cada vez mais.

Lua, tão serena e resplendente,
Feito linda estrela cadente
No meio céu a luzir; traz-me viva
Lembrança no peito a repercutir.

Lua, minha noite ilumina; a dor
meu peito fulmina; vem clarear minha
vida, que se encontra tão perdida
Oh! Lua, há poesia em teu luar!

Eunice Rodrigues de Pontes
Poema publicado na Antologia da Casa do Poeta de Campinas

 “ A Voz da Inspiração VI” ( 2014)

Eunice Rodrigues de Pontes 

sexta-feira, 6 de junho de 2014

A Voz da Inspiração - José Roberto Teixeira

Desejo que encontres aqui a tua poesia
Que revivas aqui o teu caso de amor
Que os causos sejam repletos de alegria
Levando a tantos e tantos, a beleza de uma flor.

Que teus contos contém com clareza o que viveste
Que teus choros sejam de felicidade
Que as tuas tristezas possam logo ir embora
E que as vitórias aconteçam de verdade.

Que os poetas, sejam todos bem vindos
Ao mostrar seu versejar com emoção
A esta casa, que eem a posia, não existe.
E assim soltem aqui, A VOZ DA INSPIRAÇÃO !!!

Poema publicado na Antologia da Casa do Poeta de Campinas " A Voz da Inspiração VI"

José Roberto Teixeira