sarau de aniversário

sarau de aniversário

sábado, 22 de agosto de 1998

AGOSTO - 1998 - MARÃES e JOVANI

MARÃES  MARCELO  da  SILVA

INDIFERENÇA

Cruel atitude
Machuca o coração
Indiferença de amor
É a pior desilusão
      Valor de amizade
      Se acaba num dia
      Escurece a alma
      Se transforma em algia
A relva se torna crespa
A noite não é mais irmã
A solidão é o remédio
Que toma a pagã
      O orvalho se torna pranto
      Apenas tristeza persiste
      O amor agora é ódio
      A amizade não existe
O pássaro canta baixinho
Como sabendo da dor
Do poeta que um dia
Pensou encontrar o amor.




JOVANI  SANTOS

PEDRAS

Como o azul do céu
como as estrelas a brilhar
como o doce do mel
como as conchas do mar
estou por viver
só pra te amar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário