sarau de aniversário

sarau de aniversário

terça-feira, 14 de dezembro de 1999

DEZEMBRO - 1999




BENNY  SILVA


HOMEM  DE  SORTE

Após tanto verso escrito,
da ambição jamais recua
de ver-se além do finito,
ser gênio que a arte cultua.
      Com seus versos continua, 
      mas, num estilo esquisito,
      livro de autoria sua
      só de capa é bem bonito...
Buscando tornar-se eterno,
num hermetismo moderno,
viu-se, como homem de sorte,
      na Academia, afinal :
      - De fato, fez-se imortal,
      enquanto não vem a morte...




CARMEN  GRATÃO  PEDROSO

TORMENTO

Voltei, porque senti muita saudade.
Não calculas o forte sentimento.
Sofri demais com tua falsidade,
que fez da minha vida um só tormento.
      Mesmo tu, que hoje espalhas só maldade,
      serás sempre meu lindo encantamento,
      tirando-me total serenidade,
      estás sempre a ocupar meu pensamento.
Como dói este amar, sem ser amado.
É sofrer como um ente desprezado
que não pára um segundo de sofrer.
      Um dia, quando menos esperares,
      sentirás também todos meus pesares,
      a chorar pelo mesmo padecer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário