sarau de aniversário

sarau de aniversário

terça-feira, 20 de fevereiro de 2001

FEVEREIRO - 2001

LÚCIA  HELENA  OCTAVIANO

PEQUENO  JARDINEIRO

... E então falou-me da vida,
Graça de doce sorriso,
Como não houvesse lida -
Que anjo d'alma sentida ! -
Em seu carinho impreciso,
      Cuidei de falar baixinho,
      Bem perto de sua orelha.
      Mosrrou-se-me tão mansinho,
      Coração de branca ovelha.
E... quanto tempo passou ?
Alguma coisa ficou,
Perdida em seu triste ser ?
      Voltou-me seus olhos fundos,
      (Risos vãos de vagabundos !)
      Qual a flor que vou colher ?



THIAGO  MENEZES

GRITO  DE  SENTIMENTO

Grita alto !
Desafia o meu peito em dor.
Oh ! Coração salpicado de saudade.
Saudade de cantos vivos,
de risos explosivos
que dentro de meu ermo
transformou todo o amargor
de uma longa espera.
E, então, dentro do meu silêncio,
ao meu mais puro silêncio,
lembro-me do chiado suave da madrugada
onde você, tal ninfa encantada,
desafiava amor em meu sentimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário