convite sarau de agosto

convite sarau de agosto

domingo, 23 de junho de 2002

JUNHO - 2002 - ENID - ODETTE

ENID  M.  BESTETI  PIRES

JUNHO

Neste mes de fogueiras crepitantes,
Que relembram as festas do passado,
As saudades deste "ontem" são constantes,
Deixando o coração amargurado.
      Todos sonhos de amor estão distantes,
      No horizonte fugiente e anuviado.
      No presente, só há gritos soluçantes,
      Num triste caminhar, desesperado.
Ao redor eu só vejo desventuras.
Infelizes são todas criaturas,
No infinito, a gritar súplica ingente.
      Só há um raio de luz, como esperança.
      É esta fé no retorno da bonança,
      Com a ajuda de Deus Onipotente.





ODETTE  T.  SANTUCCI  OCTAVIANO

O CASAL DE VELHINHOS DE MÃOS DADAS

Eu continuo a ver, sempre passando
Em frente à minha casa, descuidados,
Os velhinhos tão doces, mão se dando,
Que meus versos habitam, encantados !
      Lembro-me de você, sempre falando
      Que um dia nós também, tão aliados,
      Lentos, caminharíamos sonhando,
      Como um casal de velhos namorados !
Mas o destino quis nos separar...
Você partiu, tomando outras estradas,
Em outras amplidões foi habitar.
      Hoje, nos sonhos meus das madrugadas,
      Vejo sereno, sempre a caminhar,
      O casal de velhinhos de mãos dadas !

Nenhum comentário:

Postar um comentário