sábado, 16 de julho de 2011

Reunião de Junho - Rosana





O JARDIM DA VIDA

Respiro fundo e me concentro.
Paro, por um momento.
Só depois de pensar é que falo
Algumas palavras soprando-as ao vento.

Frases boas calam na mente
São capazes de transformam uma situação
Pondo fim a uma imensa dor
Causada simplesmente pela falta de amor.

Quanto sofrimento causado
Principalmente pelo materialismo
Que afasta o que é mais simples
Fazendo angustiado aquele por ele contaminado.

Palavras ruins machucam
Causando interno sangramento
Mas, porque guardá-las no peito? 
Melhor deixá-las no esquecimento.

Ansiedade por conquistar o inusitado
Consegue deixar eternamente apressado
Quem jamais consegue ficar parado
Seja no final de semana ou no feriado.

Esquecida e deixada de lado
Minada pela intolerância
E pelo coração insatisfeito  
Não pode ser cultivada  
A virtuosa paciência.

No jardim da existência,
O jardineiro maior da criação
Rega o solo fértil do coração
Que aberto à germinação,
Faz  brotar a semente
Iluminando a virtude interiormente.

Então, aquele canteiro da vida,
Que estava triste e mal cuidado
Explode em cor e alegria
Aí finalmente o homem com harmonia e serenidade
Encontra a verdadeira felicidade. 

ROSANA MONTERO CAPPI
 


2 comentários:

  1. Que delícia de texto poético!
    Só depois de pensar é que falo!
    Frases boas calam na mente!
    Palavras ruins machucam!
    Intolerância, coração insatisfeito!
    O Jardineiro maior da criação rega o solo fértil do coração!
    E finalmente... a felicidade!
    Lindo querida escritora! LINDO E VERDADEIRO!

    ResponderExcluir
  2. Belíssima poesia, Rosana. E o blog está lindo. Parabéns por tudo.

    ResponderExcluir