sarau de aniversário

sarau de aniversário

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Ver ou Não Ver, Eis a Questão - Tércio Sthal


 
Vi o cego e seu cão guia,
Andando juntos numa via,
O cão não me conhecia,
Mas não latiu, nem me mordeu.

O cego me viu, me reconheceu,
E disse um sonoro bom dia,
Nem sei porque isto se deu,
Estava ele em boa companhia.

O cego não temia o breu,
Pois, na verdade, sabia
Que o seu fiel cão guia
O levaria ao termo seu.

Sabiam qual caminho seguir,
Onde e quando queriam ir.

Noutro ponto alguém que via,
A passear, com seu cão, corria,
O cão rosnava alto e latia,
Os dois sabiam quem era eu.

O cão logo me reconheceu,
Mas seu dono não disse bom dia,
Eu sei que este fato se deu
Pela pressa e pela correria.

O homem parece que não via
Que seu cão se aborreceu,
Que seu cão se entristeceu,
E que seguir a ele não queria.

Arrastado, na corrente, ia
Sofrendo a má companhia.

 
Biografia:
Tércio Sthal, Natural de Tupã, SP, Poeta e Escritor, MBA em Gestão de Pessoas


Um comentário: