sarau de aniversário

sarau de aniversário

segunda-feira, 23 de junho de 2014

A Águia e o Jabuti - Tércio Sthal


(Não me lembro do final da estória,
da estória da Águia e do Jabuti.
Não guardei em minha memória,
por isso eu resolvi contar agora
com novo formato e final que escrevi)



Um Jabuti vivia triste na Terra,
não conhecia o Céu, nem o Mar,
mas um dia, por tanto se esforçar,
viu o Céu e a linda Águia a voar.

Como louco, começou a gritar,
dava pulos e fazia escarcéu,
pra chamar a atenção da Águia,
que voava bem alto lá no Céu.

Ao ouvir, a linda Águia desceu,
e perguntou: Porque gritar assim,
Ele respondeu: Também quero voar.

Mas não tem asas, querido Jabuti;
e, sem elas, é muito difícil para ti.
Não te aborreças; vivas feliz em teu lugar.

Mas o Jabuti se pôs a insistir:
Eu quero voar, eu quero voar.
A Águia disse: Então vem aqui,
e até o Céu eu vou te levar.

E foi subindo cada vez mais alto,
estava acima das nuvens no Céu,
o Jabuti feliz demais, alucinado,
disse: Dona Águia, pode me soltar.

Ela retrucou: Pode ser perigoso,
não devo fazer o que me pede,
mas ele insiste, e ela concede.

O Jabuti vem perdendo altura,
no voo sem volta, descontrolado,
sem saber aonde será o pouso.

Mas, felizmente, ele caiu no Mar,
no imenso Mar de águas azuis,
e imediatamente se pôs a nadar.

Até hoje o Jabuti vive feliz,
conhece a terra, o Céu e o Mar,
e às vezes pensa que sabe voar.

Tércio Sthal


Um comentário: