sarau de aniversário

sarau de aniversário

sexta-feira, 3 de março de 2017

Patranha e Pecado - José Luiz Pires


As verdades aparentes dessa vida
São apenas patranhas, mentiras,
Alegrias foram nas planícies de tempos idos
Triste recôncavo contemporâneo que miras.
Ondas irrelevantes sobre seus pés
Atolado na areia pelo repuxo das marés...
Hóstia em pão fermentado
Mergulhada e sorvida em vinho azedo
Cálice de ouro
Nos lábios do pecado
No confessionário da vida
A penitência pertence ao Senhor!

José Luiz Pires

Um comentário:

  1. Profundo e melancólico poema.
    Faço boa reflexão com ele.
    Gostei.

    ResponderExcluir