sarau de aniversário

sarau de aniversário

sexta-feira, 18 de dezembro de 1998

DEZEMBRO - 1998 - Laís e Landini


LAÍS  RODRIGUES  de  LIMA

TODO  DIA  DEVE  SER  NATAL

Quando chega o Natal fico magoado 
ao ver tanto contraste nesse dia;
ceia e fartura em casa do abastado
e na do pobre a mesa está vazia.
      Vinho, uisque, leitoa e frango assado,
      costuma-se ingerir com alegria;
      e esquecendo do Cristo o bom recado,
      transformam data santa numa orgia.
Não foi esse o recado à humanidade,
mas puro amor a Deus, fraternidade,
em síntese perfeita e divinal.
      Que deve estar no coração presente,
      hoje, amanhã, depois, eternamente,
      pois todo dia deve ser Natal !





 SIDNEI  LANDINI

ESCREVE,  POETA

Faz mais um verso, plange tua lira,
E canta o tempo, as flores, o passado,
E tudo o que ficou abandonado,
E que ao amor em tudo se refira.
      Faz mais um verso, um verso de safira,
      Que tenha o tom e o ritmo de um bailado;
      Verseja, poeta, um verso com cuidado,
      E evita nele pôr uma mentira !
Não deixes que teu estro se emudeça,
Faz de tudo por ele, que pareça
Aos outros que és feliz, mesmo não sendo !
      E se, acaso, teus olhos se umedeçam,
      Não deixes que teus sonhos bons pereçam:
      Faz mais um verso, mesmo que sofrendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário