sarau de aniversário

sarau de aniversário

segunda-feira, 17 de julho de 2000

JULHO - 2000

REGINA  MAURA  de  P.  PINHEIRO

DOZE  HORAS

O tempo parado
O sol é tão quente
A poeira sumindo
Lá longe uma estrada,
Um boi calmamente,
Deitado na grama.
Não vê um trem
Fugindo de tudo,
Da calma paisagem
Parada no tempo.





SARAH  de  OLIVEIRA  PASSARELLA

N A D A

Do bosque não se tira nada -
apenas foto.
Não se mata nada -
apenas o tempo.
Não se deixa nada -
apenas pegadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário