sarau de aniversário

sarau de aniversário

quinta-feira, 12 de dezembro de 1996

Poetas - DURVAL e CÁRMEN

                  DURVAL  OTERO                                             CÁRMEN  GRATÃO  PEDROSO

                 FELICIDADE                                                                  VELHA  CALÇADA

    Felicidade já é algo presente                                               Saudade traz da distância,
    e não passado, mas pode ter sido.                                      tantas bolhas de sabão,
    É tão presente que nos chega à mente                                 jasmim com muita fragrância,
    num só instante, agora, e faz sentido.                                   trechos, que não voltarão

    Sempre presente sobre algo passado                                  Era doce a minha infância,
    ou do futuro. Sempre... mas condiz                                     brincava de pés no chão.
    com o presente e tudo que almejado                                   Tinha mel em abundância,
    se manifesta, pra se estar feliz.                                            e no céu muito balão.

    Quando presente é coisa muito linda,                                  Ah ! se eu pudesse traria,
    tão simples, perto, quão nosso reflexo,                               de volta com alegria,
    sendo agradável e muito bem-vinda,                                   toda aquela criançada,

    que por si própria tem razão e nexo.                                   que passava um anel de ouro,
    Não lhe dar tréguas quando ao ser sentida,                         o brinquedo era um tesouro,
    para se tê-la sempre mais na vida.                                       naquela velha calçada !
           

                     


            

Nenhum comentário:

Postar um comentário