sarau de aniversário

sarau de aniversário

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Água e Brisa - José Luiz Pires



É!
Onde não existe conversa
O silêncio desconversa...
Quando os lábios se encontram
O sorriso vem pelo toque...

É só!
Solidão é lodo no leito do rio,
Água que não move frustrações!
Coberta que não aquece,
Espinho no fundo do ninho!

É sol!
Teu corpo molhado de suor...

Sentimentos totalmente colados!
Uma parte dentro de ti...
Água que banhou e carregou recordações!

É solidão!

Desativado o arsenal bélico,
Carrega apenas um trapo,
Pedaço de pano branco
Que balouça frenético,
Com leve brisa de saudade!...


  
Poeta Semeador
José Luiz Pires

2 comentários:

  1. Sua sensibilidade não é deste mundo! É do Céu! Que coração sensível, você tem, amigo! Deus o conserve sempre assim! Sua amiga de sempre. Rachel

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, o poema é lindo ! Bom dia, poeta.

    ResponderExcluir